Tim Burton e Johnny Depp de novo? Sim! E ainda bem!

Que colocar Tim Burton e Johnny Depp juntos é garantia de algo bem, no mínimo, acabado já é de conhecimento público. A lista de projetos em comum entre o diretor e o ator não é pequena. Edward Mãos de Tesoura (1990), Ed Wood (1994), A Lenda do Cavaleiro sem cabeça (1999), A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005), A Noiva Cadáver (2005) – no qual ele empresta sua voz – e agora Sweeney Todd.

E todas essas parcerias, a cada novo projeto, se mostram mais óbvia. Qualquer um que assista Sweeney Todd não consegue imaginar outra pessoa que não Depp para o papel do barbeiro assassino em série da Rua Fleet. Só um rosto ao mesmo tempo sereno e louco como o do saudoso Edward (quem não se encantou com o amor do Mãos de tesoura?) poderia passar o ódio e o amor que Benjamin Barker possuía.

Ver Sweeneey Todd, aliás, é ver um show. De iluminação e fotografia impecáveis com cores e sombras nos momentos certos. Com aquela risada o tempo todo pensando em todo o conteúdo que aquela frase pode conter – as imagens na música da torta remetem incontrolavelmente a tudo que já estudei de sociologia e de política – e principalmente as atuações. Johnny Depp impecável. Helena Bonham Carter cada vez mais prova que não é o Tim Burton que só coloca a própria mulher em filmes mas sim que ele escolhe excelente atrizes para casar, logo, não dá pra não ter ela no elenco.

E Sacha Baron Cohen? Quando aparece o nome do eterno Borat na tela, você pensa: o que ele está fazendo aqui? E a resposta vem logo, dando um show. Uma pena apenas o jovem casal romântico formado por Jamie Campbell Bower e Jayne Wisener que deixa bastante a desejar e destoa do restante do elenco. Assistam o trailer abaixo e comprovem. Excelente filme garantia de diversão.

2 responses

  1. cassita

    Tô adorando essa cara nova do blog. E aguarde, que vou colocar as suas sugestões em prática em breve.

    Quanto ao Sweeney, tô baixando a trilha sonora do filme, precisa dizer mais? Vc já disse tudo!

    Amo-te. Beijocas

    29/02/2008 às 1:29 AM

  2. Arthur Tadeu Curado

    Achei o filme meio preguicinha.

    03/03/2008 às 7:20 AM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s