O novo cinema argentino

São Paulo recebeu recentemente o 3º Festival de Cinema Latino Americano. Acompanhamos e um panorama geral desse evento, que reuniu 121 películas está disponível na Revista Paradoxo, que o dono deste blog passou a ser colunista. Aqui tratarei individualmente de alguns dos filmes apresentados durante o Festival.

O primeiro deles é o argentino ‘De quem é a Cinta-Liga?’. Do argentino Fito Páez, o filme retrata, no ano de 1986, a vida de três amigas: Juli, Romi e Leo. A primeira, uma jovem bem nascida. Romi é casada com um traficante e mãe de dois filhos pequenos. E Leo a jovem namorada de Gonzalo, um popstar. Gonzalo termina com Leo e transa com Juli. Leo descobre e descontrolada sofre um acidente. Com remorso Juli se junta a Romi em busca de uma solução que tire Leo do coma.

Essa trama, que por si só já é rocambolesca o bastante, ganha cada vez mais elementos a ponto de tornar o filme um grande emaranhado de personagens confusas, enroladas e acima de tudo divertidas.

Fito Páez reconstrói os anos 80 com bastante talento e suas mulheres, à beira de um ataque de nervos, tem clara referência do espanhol Pedro Almodóvar. Mulheres essas, além do trio de atrizes protagonistas, que roubam a cena em todo o filme, como a impagável mãe de Leo. Vale assistir essa impressionante e divertida retomada do cinema argentino.

One response

  1. G.H.

    Legal teu blog. Trabalho com cinema e foi difícil não me identificar, haha.
    Abracinho,

    26/07/2008 às 3:56 PM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s