Inglourious Basterds

Gostar do Tarantino entre aqueles que vêem cinema é quase uma obrigação. O diretor pega em cada uma de suas obras e mistura tantos elementos, de tantas origens distintas que é impossível não se identificar com alguma delas. Kill Bill, aliás, é a síntese desse estilo com western, samurais e tudo mais de cultura pop misturados na vingança da Noiva.
E mais uma vez Tarantino faz sua salada pop, dessa vez com o aval do astro queridinho não só da América, mas do mundo todo: Brad Pitt. Lançado em Cannes, Inglourious Basterds se passa na França ocupada em plena Segunda Guerra Mundial. Pitt vive o tenente americano Aldo Raine, chefe de um grupo de soldados judeus que tem a missão de eliminar a cúpula nazista.
Em sua equipe, Raine conta com americanos (Eli Roth), ingleses (Michael Fassbender) e alemães convertidos (Til Schweigger), uma judia francesa (Mélanie Laurent) e uma espiã estrela do cinema alemão (Diane Kruger). Unidos eles planejam explodir um cinema que reúne toda a elite nazista para a pré-estréia de um filme considerado o grande produto da propaganda nazista.
E é nesse cenário histórico – que facilmente viraria um drama nas mãos de Spielberg – que Tarantino constrói suas já clássicas cenas de ação com muito sangue e uma exposição tão crua das imagens que beira ao fake – basta lembrar o escalpelamento de O´ren Ishii em Kill Bill que a imagem fica clara. E é esse fake que o torna tão divertido e tão original. Confira o trailer do filme.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s