This. is. it.

michaeljacksonthisisit

Na próxima semana, estreia um dos filmes/documentários mais aguardados do ano, e também um dos prováveis recordes de pouca duração no circuito. E se você não sabe do que estou falando, cuidado para não ter de esperar até o lançamento do DVD.

É, com os ingressos vendendo rapidamente para as duas semanas de exibição, This is it, o documentário sobre a última turnê de Michael Jackson chega às telonas, com imagens dos ensaios dos shows que o astro da música pop faria em Londres. Esta semana, a venda esgotou para mais de 1600 salas ao redor do mundo, na pré-venda online. E de acordo com a Sony, foram 4200 aqui no Brasil.

Algumas imagens do filme foram veiculadas logo após a morte do cantor, em um ensaio de They don’t really care about us. O ensaio incluiu bailarinos, músicos e artistas performáticos, além de um número em que Jackson seria suspenso e um outro com imagens em 3D da mansão assombrada de “Thriller”. São quase 2 minutos de imagens em alta definição, que foram muito bem recebidos muito bem pela crítica.

“Poor Michael, they don’t really care about you…”

O trailer oficial do filme foi lançado no MTV Video Music Awards de 2009. Também houve um tributo realizado por dançarinos contratados para a This Is It Tour, Janet Jackson e Madonna, pra mim, o único momento da premiação que realmente valeu a pena.

Dei uma pesquisada, e parece que ainda tem ingresso. Ainda não tem o seu? Hora do serviço: entre aqui e veja se a sala de sua preferência ainda tem um espaço pra você. E bom filme!😉

4 responses

  1. oc

    não é muito oportunismo imediato?

    26/10/2009 às 5:25 PM

  2. Então, Oc, fiquei muito em dúvida se era isso mesmo. Mas com ele ainda vivo, esta turnê já era o último respiro para que ele conseguisse fazer shows e lucrasse um pouco com isso. E sua morte no final foi terrivelmente lucrativa: os discos voltaram a vender como água, quem comprou os ingressos para a turnê não quis o dinheiro de volta pelo valor histórico que o ingresso tem, e agora o filme. Michael teve uma vida triste e diminuída pelo sucesso, e o filme é apenas mais um dos ingredientes disso tudo. Porém, pelo que acompanhei para escrever este texto, diziam que ele estava feliz e empolgado com estes shows, como se ele soubesse que era a última vez que pudesse fazer isso DE VERDADE. Ele foi muito explorado por muitas pessoas, mas ainda sim era um grande astro e um grande profissional que amava o que fazia. Acima de tudo.

    28/10/2009 às 3:49 PM

  3. Acabei de ver. Detalhe: eu não gostava especialmente do cara, principalmente depois que ele ficou branco. Mas a qualidade dele é indiscutível. Eles fizeram o filme com um material bastante heterogêneo, então há altos e baixos. Para mim, os “personagens principais” do filme são os bailarinos! Eu pensei que fosse ser mais apelativo, e até que não é tanto… A gente sai do filme moonwalking!

    28/10/2009 às 5:38 PM

  4. bruno

    pena ter partido MJ vai fazer falta. olhando atento o documentario percebi um duble atraz de uma das camerasno momento do clip Ciminal smooth. Sinal que o Rei ja nao estava tao bem, tambem 50 anos e cheio de ataques fragilisado moralmente pelo mundo, ta dificil ele foi ate muito longe. No salto da janela em meio a balas perdeu ate um dos sapatos . Criminal Smooth mostra o fragil MJ.

    31/03/2010 às 10:52 PM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s