Os melhores de 2009

Essa coisa de escolher os melhores de qualquer coisa é sempre um desafio. As chances de excluir alguma coisa ou de desagradar muito alguém são quase de 100%. Ainda assim, eu e a @cassita, tão responsável por isso aqui quanto eu, decidimos fazer uma retrospectiva. Foi um ano de mudanças pro blog.

Saímos do blogspot e viemos pra cá, pro wordpress. Além disso, de blog do eu sozinho, virou o nosso blog. Quase diariamente o discutimos. Se não são pautas (que temos autonomia bem grande pra isso) são idéias, projetos, sonhos. Aos pouquinhos vamos implantando uma coisa aqui, outra acolá. Sem transformações bruscas, porém, sempre com uma novidade, uma maneira de deixar o blog mais completo.

E o conteúdo dele, a grande estrela, cresceu bastante. Temos uma maior quantidade de posts, mais informações buscadas, mais críticas. E por isso mesmo, selecionamos os nossos melhores de 2009. Milhares de filmes foram lançados. Nem todos foram assistidos. Aqui listaremos aqueles que vimos, elogiamos e recomendamos. O risco de excluir algum grande filme é enorme. Mas listas são listas. Se discordou, coloca nos comentários sua sugestão.. Mas sem mais, vamos a eles.

Avatar
Uau! James Cameron prometeu uma revolução com 3D e cumpriu. Avatar utiliza essa ferramenta tão falada em 2009 de uma maneira extremamente envolvente. Pandora, totalmente criada pelo diretor é de um realismo impressionante e as expressões do elenco, especialmente Sam Worthington, Zoe Saldana e a incrível Sigourney Wayver. Apesar de não ser a história mais criativa do mundo, Avatar convence e envolve o público da realidade de pandora e dos Na´vi como nunca antes visto.

Apenas o Fim
“Apenas o fim” traz uma cara nova para o cinema brasileiro: após a quase esgotada fórmula favela-polícia-Rio de Janeiro, o cineasta resolveu abordar um tema universal que se passa aqui, com um casal que poderia estar em qualquer lugar do planeta. O filme é leve, gostoso de assistir e perfeito para os casais de jovens namorados que buscam uma diversão a dois. Mas também é um filme ótimo parar se ver mesmo estando solteiro, porque afinal de contas, uma história de amor bonitinha sempre merece ser apreciada. Além disso, é uma ótima maneira de incentivar o cinema brasileiro a produzir cada vez mais material diversificado e fazer a produção nacional crescer.

Bastardos Inglórios
O novo Tarantino. Isso por si só já seria razão o bastante para ser um dos melhores filmes da temporada. Mas o diretor, mesmo não tendo feito seu melhor filme (ainda fico com Pulp Fiction e Kill Bill), produziu uma obra com seu habitual senso de humor, um Brad Pitt ainda carregado no estereóptipo mas absurdamente engraçado e, uma de suas obras-primas: o coronel nazista Hans Landa, vivido magistralmente por Christoph Waltz.

Up
Pixar já cansou de provar que sabe fazer animação. A cada obra, um novo desafio superado. Já provou também que animação não é apenas coisa de criança. E Up assina embaixo disso tudo com o inovador protagonista idoso que quer levar sua casa amarrada em balões de hélio para a maior aventura de sua vida. Personagens esféricos, momentos extremamente emocionantes e risada fácil, Up ainda contou no Brasil com o talento de Chico Anysio no papel do protagonista.

Anticristo
Lars Von Trier não é para as massas. Filmes difíceis, sofridos, truncados. Encarar uma obra dele no cinema é no mínimo, desafiador. Com Anticristo, a coisa não é diferente. Todo cheio de metáforas e cenas extremamente chocantes, o filme ainda assim impressiona pela sua beleza e o realismo de suas atuações. Willem Dafoe dá um show como o marido/psicólogo que sofre nas mãos da mulher.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s