Oscar 2010 – Melhor maquiagem

Na categoria, apenas três indicações. Os clássicos A Jovem Victória e o italiano Il Divo e Star Trek, de J. J. Abrams. Indicações nada surpreendentes pra uma categoria que busca, em tempos de efeitos especiais que substituem a maquiagem, como Avatar, destacar trabalhos épicos ou mesmo trabalhos que diferenciem seres humanos.

Il Divo
O Filme ítalo-frances se passa em plena década de 40, com a história do primeiro ministro Giulio Andreotti. Totalmente desconhecido do grande elenco, aposta na caracterização de personagens reais próximas dos tempos atuais, que sempre primam pela precisão.

A Jovem Victoria
Também épico, o filme se passa em plena Era Vitoriana. Com a bela Emily Blunt no papel título, tem como trunfo maior se passar em uma época clássica que agrada à academia e se permitir um trabalho mais apurado e refinado.

Star Trek
Na ponta oposta, J. J. Abrams reconstruiu universos e colocou lado a lado, dois astros como o mesmo Spock: Zachary Quinto e Leonard Nimoy. O resultado é um filme que reacende a franquia e retoma toda a estética original, inclusive a maquiagem, item que pode ser trunfo para o filme.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s