Simplesmente Complicado

O que caracteriza uma boa comédia romântica? Uma mocinha, um galã, alguma pitada leve de humor de ambos e muitas voltas até o final óbvio, certo? Errado. Melhor, era correto até o trio Meryl Streep, Alec Baldwin e Steve Martin provarem o oposto em Simplesmente Complicado.

No filme, Streep é Jane, dona de uma padaria, mãe de três filhos e divorciada de Jake, vivido por Alec Baldwin. Jane foi trocada por uma mulher bem mais nova e após uma década, quando começa a esboçar sinais de sua recuperação do trauma, acaba indo para a cama com seu ex-marido.

Em paralelo, o arquiteto Adam, responsável pela nova casa de Jane acaba se envolvendo aos poucos com a mulher. E é em torno desse trio que as situações se desenvolvem. Baldwin e Martin, a dupla do Oscar 2010, tem traquejo de sobra para lidar com filmes de humor e conduzem seus muito bem seus personagens. Baldwin com sua habitual canastrice ultra-charmosa (tem como não amar Alec Baldwin?) e Martin numa atuação, apesar de divertida, muito contida para seus padrões mas ainda assim bastante convincente no papel de arquiteto acanhado.

Mas é Meryl Streep quem mais uma vez surpreende. Sem medos ou pudores, a atriz assume o papel da mulher da meia idade que ainda tem bastante libido e, ao lado de seus dois pretendentes, desenvolve cenas extremamente divertidas.

Para quem é fã das comédias românticas tradicionais, porém, a diretora Nancy Meyers deixa claro uma coisa no filme: nenhum deles tem seus vinte e poucos anos. É sim um trio maduro e os conflitos são resolvidos como devem ser resolvidos: de maneira adulta. E por isso mesmo o filme encanta. ao invés de grandes arroubos emocionais, Meyers dá aos espectadores reflexões sobre relacionamentos e o valor de cada um deles.

Uma comédia, no melhor sentido de diversão, bastante romântica, no melhor sentido das reflexões que os romances nos trazem.

P.S. Não, esse texto não terá as cenas mais hilárias do filme. Vá ao cinema e surpreenda-se.

2 responses

  1. Gostei do blog de vc André e Cassia. Tanto quanto gostei dessa divertida comédia romantica. Adoro os filmes de Nancy Meyers.
    ABS e bjs ( vcs sabem para quem) rsrs

    16/03/2010 às 2:28 PM

  2. Simone

    Depois de ler o texto dá vontade de sair correndo e entrar na primeira sala de cinema que está exibindo o filme!
    Bjos,

    18/03/2010 às 5:02 PM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s