Posts tagged “Rodrigo Santoro

O Golpista do Ano

Um cartaz ridículo e uma tradução horrorosa dão as boas-vindas para O Golpista do Ano. Apesar de ter nas mãos três atores incríveis – com destaque absoluto para a atuação de Ewan McGregor – os diretores e roteiristas Glenn Ficarra e John Requa não souberam extrair o melhor. O filme é divertido, sim, mas não passa disso. É daqueles títulos que provavelmente não vai passar nem na Sessão da Tarde de um dia chuvoso.

Nesta tentativa malsucedida de comédia que é um mix de Prenda-me se for capaz (2002) e O Mentiroso (1997), Steven Russel (Jim Carrey) é um homem que vive de mentiras até sofrer um acidente e decidir viver sua verdadeira identidade homossexual. Começa a dar golpes para sustentar seu novo estilo de vida, acabando na prisão. Lá ele conhece o sensível Phillip Morris (Ewan McGregor) e passa a viver um romance cheio de mentiras e trapaças, sempre se metendo em encrencas. Depois de tudo percebe por si só que seus dramas pessoais – que não são poucos – deixaram-no sem uma.

As estereotipações são infinitas, e a forma caricatural de Carrey interpretar seus personagens de comédia influencia para deixar todo o filme com uma identidade visual própria, mas de mau gosto. A participação de Rodrigo Santoro como o primeiro namorado de Steven é pequena e indigna de lhe garantir um espaço no cartaz de divulgação, não fosse o fato de ele ser um chamariz do público brasileiro para as salas.

Na 33ª Mostra de Cinema de São Paulo, o filme – ainda sem título em Português – foi exibido com a presença dos diretores e, na ocasião, amplamente criticado pelo público justamente pelos excessos cometidos, que o torna tão crível quanto um de Chuck Norris. Gay. Portanto não espere grandes coisas. Vendido como um filme de comédia inteligente, deixa a desejar muito. Vendido como um filme de comédia divertidíssimo, não passa nem perto. Vendido como uma tragicomédia da vida real, exagera. Vendido como um filme icônico, definitivamente não se enquadra. Phillip Morris, enfim, não tem porquê ser tão amado.

Titulo Original: I Love You Phillip Morris (2009)
Diretores: Glenn Ficarra e John Requa
Roteiristas: Glenn Ficarra e John Requa
Elenco: Jim Carrey, Ewan McGregor, Rodrigo Santoro e Leslie Mann
Duração: 102 minutos

Anúncios

Rio é estrela da nova animação de Carlos Saldanha

E os fãs do trabalho do animador brasileiro Carlos Saldanha, diretor dos filmes A Era do Gelo 2 e 3 (no primeiro, Saldanha foi o co-diretor), já aguardam ansiosos a chegada de sua nova animação. Isso pois, além de seu talento, sua mais recente obra tem como centro a cidade do Rio de Janeiro.

Rio, conta a história da arara azul Blu, que acreditava ser a última de sua espécie. Entretanto, ao conhecer a fêmea Jewel, ele retoma sua vida e juntos viajam até a cidade carioca. E é em torno da jornada e do aprendizado dos dois que a trama se desenrola.

Na cidade, as imagens incluem as maiores belezas naturais e o Rio é retratado com toda a exuberância que a cidade pode oferecer. No time de dubladores Anne Hathaway assume o papel de Jewel enquanto Jesse Eisenberg vive o protagonista Blu. O brasileiro Rodrigo Santoro completa o elenco. A estreia brasileira, em 3D também, obviamente, está marcada para 8 de abril.


I Love You Philip Morris

Rodrigo Santoro, novamente. Nenhum ator brasileiro tem hoje a projeção que ele tem (e sim, eu gosto dele de verdade, a despeito de comentários sobre o fato dele fazer papeis menores). O ator agora poderá ser visto com um affair de Jim Carrey em I Love You Philip Morris. Na trama, Carrey é Steven Russel, ex-oficial que se apaixona por um colega de cela, o Philip Morris do título, vivido por Ewan McGregor. Após a liberdade, Russel tenta milhares de maneiras de encontrar Morris. Além do brasileiro, podemos esperar, com certeza, boas interpretações de Ewan McGregor, sempre excelente para mim e Jim Carrey, que se mostra a cada dia um ator mais versátil.